Aquarela

com Celso Ninomiya

Sobre a oficina:

No curso, Celso vai contar a história da aquarela, sua origem no Oriente e no Ocidente, até os dias de hoje, quando essa técnica faz parte do repertório da arte moderna e contemporânea, além de ser muito usada nas áreas de ilustração, quadrinhos e animações.

Na parte prática das aulas, o artista abordará os seguintes tópicos:

  • a transparência da tinta, que garante níveis de luminosidade mais altos que os de outras técnicas, como óleo, acrílica e têmpera;

  • a maneira como as tintas são diluídas e misturadas com outras, criando manchas e gradações de cor típicas;

  • a valorização do potencial de cada aluno;

  • a relação do aluno com a técnica da aquarela, as possíveis dificuldades;

  • as infinitas variantes entre técnicas, sensibilidades e a aceitação das influências e diferenças em cada momento do processo criativo;

  • como interferir sem precisar apagar.

Exercícios:

  • seco sobre seco;

  • úmido sobre úmido;

  • gradientes (degradê) com duas ou mais cores;

  • manchas;

  • camadas de transparência - quando usar;

  • aspersão, respingados e esponjados;

  • os pincéis e os gestos.

Explicações sobre:

  • papéis para aquarela e outros papéis - qual a diferença?

  • dá para fazer aquarela sobre tela?

  • pode-se usar qualquer material? Quais as diferenças?

Conhecimentos gerais sobre a cor:

  • valores da luz;

  • harmonias e contrastes;

  • saturação e diluição.

Desenho:

Apesar da ênfase na pintura como objetivo final, a forma é sempre necessária. Assim, dentro das propostas, não saber ou saber desenhar é uma característica de cada um. O professor poderá dar algumas orientações básicas de como proceder quanto ao desenho para facilitar o avanço do aluno na aula.

Sobre Celso Ninomiya:

Celso Ninomiya é artista plástico e designer gráfico. Natural de São Paulo, estudou Arquitetura na FAU-USP, Artes Plásticas na FAAP e Artes Visuais na ECA. Antes de se dedicar somente à pintura, trabalhou alguns anos em desenho para construção civil, colaborou com vários escritórios de arquitetura e em projetos de design gráfico.

Além de pintura em aquarela, Celso também utiliza outras técnicas, como óleo, têmpera, acrílica e encáustica, e ocasionalmente trabalha com colagem e criação de objetos.

Apresentou sua obra nas exposições individuais: Mapas, visões reais e imaginárias de São Paulo, na Galeria Deco, em São Paulo (2004), e Celso Ninomiya e os 450 anos de São Paulo, no JICA Exhibition Hall, em Yokohama, Japão (2004).

Em 2003 ficou em primeiro lugar no Concurso Nacional para Logomarca dos 450 anos da Cidade de São Paulo, em parceria com Sergio Gagliardi.

Atualmente dá aulas particulares de desenho e aquarela.

 

 

 

 

Para saber mais sobre o Celso, clique aqui.

Horário:

quintas-feiras

curso contínuo 

das 14h30 às 17h

R$ 280,00 por mês

+ taxa de material de R$ 70,00 (no início do curso)

Lugar de Ler ∞

Rua Pedro Ortiz,94

Vila Madalena - São Paulo

lugardeler@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle