Escrever ou Fazer:

reflexões sobre a criação de livros ilustrados

Com Aline Abreu

Aline Abreu vai discutir a compreensão do livro ilustrado como sistema orgânico, partindo da proposta de leitura ecológica do teórico britânico David Lewis e exemplificando a alternância de protagonismos entre elementos verbais, visuais e materiais com a leitura de Zubair e os labirintos, de Roger Mello (Cia. das Letrinhas, 2007). Em seguida, com o apoio de seus projetos autorais, ela abrirá a discussão sobre procedimentos de escritura do texto híbrido que compõe o livro ilustrado.

Fazedoras de livros são escritoras. Escritoras que pensam não só a palavra, mas todo um projeto narrativo; não escrevem livros, fazem livros (CARRIÓN, 2011). E no manejo dos três códigos (palavra, imagem, design), que constituem o texto híbrido do livro ilustrado, fazedoras de livros escrevem de modo orgânico, buscando, consciente ou inconscientemente, um fluxo de alternâncias de protagonismos desses códigos em favor do projeto narrativo. Dessas relações entre os códigos que compõem o texto híbrido resulta um espaço onde o leitor é convidado a desempenhar papel ativo em experiências de leitura com potencial para vivências estéticas”.

(Aline Abreu)

Imagem: Aline Abreu

Terça-feira

05 de novembro 

das 19h às 21h30

R$ 75,00

Sobre Aline Abreu

Escritora de palavras e imagens desde 2004, Aline Abreu é formada em Artes Visuais pela FAAP/SP com mestrado em Literatura e Crítica Literária pela PUC/SP. Antes de dedicar-se à literatura trabalhou no setor de exposições do MASP e na criação de ilustrações para marketing institucional de diversas empresas. A partir da dissertação O Texto Potencial no sistema ecológico do livro ilustrado infantil: palavra-imagem-design, defendida em 2013, Aline ministra cursos sobre o tema na PUC-Cogeae, n’A Casa Tombada e no curso de Artes Visuais da Faculdade Santa Marcelina. Seus interesses como pesquisadora concentram-se mais especificamente nas relações ecológicas de palavra-imagem-design no livro ilustrado, e em estudos de Psicologia da Percepção. Ganhadora do Prêmio João de Barro 2016, com o livro ilustrado Quase ninguém viu (Jujuba, 2019), seu oitavo livro autoral.

Lugar de Ler ∞

Rua Pedro Ortiz,94

Vila Madalena - São Paulo

lugardeler@gmail.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle